sábado, 29 de março de 2008

Pensando Sozinho

- O que aconteceu?
- Não sei, vai sabe.
- Por que anda assim?
- Assim como?
- Sei lá, meio estranho.
- Estou afim de ficar sozinho por um tempo.
- Sei como é. Mas... deveria se animar.
- Se animar com o que?
- Sair por aí, dá uma volta.
- Tá bom! Onde estou me sinto melhor assim.
- Mas hoje é sábado.
- E daí?
- E daí? todo mundo saiu, só ficamos nós dois aqui.
- Se você quiser ir, vá!
- E você, não quer ir?
- Já falei que quero ficar sozinho.
- Deixa de ser assim, vai aproveitar a vida.
- Não tenho aptidão para isso.
- E o que pensa em fazer.
- Sei lá, ficar por aqui.
- Percebi.
- Já que percebeu por que continua insistindo?
- Insistindo em que?
- Em me fazer mudar de opinião.
- Talvez só quisesse lhe fazer se sentir bem.
- Às vezes precisamos ficar sozinho.
- Pra que ficar tão sozinho.
- Pra refletir sobre nós mesmo.
- Nossa! Que profundo isso.
- E aí. Vai continua aí me observando?
- Não. Já estou indo aproveitar "a vida".
- Bom aproveito.
- Você ainda vai ficar pensando?
- Tu não sabes se eu estou pensando.
- Mas eu sei mais do que tu imaginas.
- Tu não sabes o que se pode passar em meus pensamentos.
- Mas devo imaginar.
- Ahh! isso está ficando sem nexo.
- É verdade. O que te deixou assim?
- Não posso falar, se não alguém poderia ficar sabendo.
- Mas eu não sou alguém, ou sou?
- Prefiro ficar guardando isso pra mim.
- Vai ficar assim desse jeito até quando?
- Até quando me der vontade.
- O que te fizeram?
- Não me fizeram nada.
- O que tu fez?
- Não fiz nada.
- Tu está revoltado com alguma coisa?
- Até agora não, mas posso ficar com você.
- Tá bom, desculpa.
- Tu não ias embora?
- Ia, mas sinto que você que dizer algo.
- Não quero dizer nada.
- Tem certeza?
- Só queria falar que as pessoas mudam de uma hora pra outra, sem explicações.
- Só isso mesmo?
- Só.
- Então vou indo. E você?
- Continuarei a ficar sozinho, viajando em meus pensamentos.

terça-feira, 25 de março de 2008

Por onde andei


Primeira sensação de como é estar indo para um encontro estudantil.
As palavras passavam rapidamente pela minha mente. Queria poder gravar.
Tudo ia se superando dentro de mim. As sensações mudavam, não conseguia entender.
Estava deixando de ser um pouco do meu jeito anti-social. As maravilhas estavam por vim.
Afinal tava na hora de mudar.

Conhecendo pessoas!
Conhecendo lugares!
Conhecendo a mim!

As coisas que queria que acontecesse mudou, foi tudo de outra forma.
As palavras fugiam; também eu só ficava na minha, quieto e calado como sempre.

Por que isso acontece comigo?
Por que fico tão calado?
Por que não dou um basta logo nisso, e acaba a história?

Foi por ae que as coisas iam mudando.
Novos interesses, novos conhecimentos,
Novas idéias, novas argumentações.

Queria parar o tempo e levar até onde o meu limite pudesse agüentar.
Aprendir tantas coisas, queria aprender mais. A viagem não foi em vão.
O tempo passou tão rapidamente, agora fica na minha imaginação.

ERECOM tornousse mais uma viagem dentro da minha imaginação.
As histórias ficaram comigo guardadas, as vontades jogarei fora,
as amizades guardarei, as coisas que deixei de fazer tentarei esqueçer.

E o pessoal com qual convivir deixaram lembranças.
E as lembranças são as piores, porque deixam saudades.
E as saudades são as melhores, poque nós faz lembra de que aconteceu uma coisa boa.

Ainda cotinuarei voando!

Até logo!

Mas, Mas, Mas!

Muito cansado,
Muito impaciente,
Muito ocupado.

Mas...

Com muitas idéias.
Com muitas coisas pra falar.
Com muitas coisas para escrever.

Mas...

No entanto to com sono.
No entanto to sem tempo.
No entando to sem paciência.

ERECOM 2008 - Teresina Piauí, foi tudo muito bom!!

Boa noite!!

sexta-feira, 14 de março de 2008

Minha insânidade mental

A sensação de estar longe de um lugar,
mas sua imaginação ainda permite que você esteja lá,
A viagem no interior de sua mente pode levá-lo para onde quiser.
Já se imaginou em estar num lugar impossível de ser estar?
Já se imaginou fazendo coisas fora do normal?
De ter coisas que ninguém tem?
De mora num lugar onde só você sabe?
De fazer coisas que ninguém fez?
Querer voar, estar perto de quem estar longe,
de falar com quem não ouvi...
Nesse exato momento minha imagição se resumi em duas coisas.
Uma é estar por dentro da realidade
e à outra é estar fora da realidade...

Mas fique tranqüilo, relaxe,
é só minha insanidade mental.
É melhor ficar olhando para o tic-tac das horas,
e ficar pensando no que a menina
com o sinal no canto da boca estar fazendo.
Caso não entendeu, é por que realmente temos pensamentos diferentes.

sábado, 8 de março de 2008

A vida é passageira

A coisa mais injusta sobre a vida é a maneira como ela termina. Eu acho que o verdadeiro ciclo da vida está todo de trás pra frente. Nós deveríamos morrer primeiro, nos livrar logo disso.

Daí viver num asilo, até ser chutado pra fora de lá por estar muito novo. Ganhar um relógio de ouro e ir trabalhar. Então você trabalha 40 anos até ficar novo o bastante pra poder aproveitar sua aposentadoria. Aí você curte tudo, bebe bastante álcool, faz festas e se prepara para a faculdade.

Você vai para colégio, tem várias namoradas, vira criança, não tem nenhuma responsabilidade, se torna um bebezinho de colo, volta pro útero da mãe, passa seus últimos nove meses de vida flutuando. E termina tudo com um ótimo orgasmo! Não seria perfeito?

C.C

"A vida é uma peça de teatro que não permite ensaios. Por isso, cante, chore, dance, ria e viva intensamente, antes que a cortina se feche e a peça termine sem aplausos."

(Charles chaplin)

quinta-feira, 6 de março de 2008

Viagem do meu Pensamento


Minha imaginação surta,
Minhas palavras fogem
Minha viagem é insana,
Minhas vontades são as mesma.

Seria bom se tudo fosse
como o meu pensamento,
Você sempre perto de mim.

A loucura da minha mente
Toma conta de todo meu corpo,
Fico viajando nos meus pensamentos.

Você estar em todos os lados,
por onde quer que eu passe,
sempre ali bem perto de mim.

Isso será uma perseguição ou minha imaginação?!

domingo, 2 de março de 2008

Minha Imaginação


Dia estremo,
dia de delírio,
dia paranóico,
dia louco
dia de insanidade.

As alucinações depois de uma leitura,
de uma noitada
de um passeio pela rua,
de uma festa,
de uma viagem alucinate.

Não é o fato de estar sozinho
ou a perda de alguém,
é a minha pura imaginação.

Imaginação,
alegre!
triste!
espreções limitadas.

A solução é ficar viajando!!
A todos uma boa noite de alucinação.

"Ao persistirem os sintomas, o médico e o monstro deverão ser consultados" ?!

sábado, 1 de março de 2008

Brasil, ta mas do que na hora de mudar!!

No Brasil todos os dias, a impunidade deixa
a população refém da violência urbana.
São mães que perdem seus filhos,
amigos que perdem irmãos,
crianças que perdem os pais,
país que perdem cidadãos.

Fazer o que, acabou!


Agora acabou!
Não vou mas ficar-me entretendo,
Sendo manipulado, ou me questionando.

Espero não senti falta disso,
Espero ter mas informações,
Isso que agora já passou.

Mas ele estará lá,
Sempre disponível pra todos!!