domingo, 10 de agosto de 2008

O que platão anda despertando

Os momentos bons estão cada vez acabando com o meu jeito de conheçer.
Minhas últimas imaginações estão perdendo o fato de ser totalmente psicodélica.
Queria ter uma possibilidade de que de fato estou vivendo realmente.
Estou me atraindo a coisas que não podem ser questionada no dia a dia.
Ao depara-me com o tic-tac do relógio, consigo sentir falta de poucos segundos.
Isso faz com que o tempo fique rodando em torno de mim, de um jeito que eu não perceba.
Poucas coisas são notadas no cotidiano, a verdade é que realmente isso tudo esta mudando.
Tentar questionar algo, pela sua forma, cor, som, parece difícil de se chegar no mundo inteligível.
Isso realmente chegou a um ponto de que fiquemos totalmentes isolados no nosso canto, levando em consideração de que a sobrevivência é individual. Nos deixando sempre apagados da verdade.

A idiotice disso é que não conseguimos notar algo que parece ter uma vida
Saber que a idéia que se tem de algo belo é totalmente voltada para um mundo inteligível,
Coisas difícil de ser entendida, por que vemos e não notamos
De fato somos todos cegos...

Bernard Freire

Um comentário:

Jeh Ribeiro disse...

Lindo o texto...e lindo o blog!
parabéns pelo bom gosto!!
(=